2016 e outros arcanos…

Na soma de 2016 (2+0+1+6) encontramos o arcano 9, O Eremita. Mas dois outros arcanos também estão presentes: 20 (O Julgamento) e 16 (A Torre ou Casa de Deus). Mas estamos no segundo milênio da Era Cristã e o major20arcano do Julgamento (arcano 20) é a base desse milênio. Então podemos dizer que o atual milênio é um milênio de “ajustes”. Curiosamente no Osho Zen Tarô este arcano é chamado de “Além da Ilusão”. No esoterismo ele é conhecido sob o título de “O Espírito do Fogo Primitivo”. O Elemento ou Tattwa presente neste arcano é o “Fogo” (Tejas ). Mas vamos adiante…

646e0ae1c483821be0f59403a9393227

O arcano 16, A Torre possui um título esotérico enigmático: “O Senhor das Hostes dos Poderosos. ”

Ocorre que a palavra “hostes” nem sempre define algo bom ou positivo. Vejam o que está escrito em Efésios 6:

“…porque não temos que lutar contra carne e sangue, mas, sim, contra principados, contra potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais… ” Esse trecho sugere que as “forças do mal” habitam as regiões celestiais (o espaço sideral) e que nossa verdadeira luta é contra esse mal que está lá em cima, entre as estrelas, e que não deveríamos guerrear entre nós mesmos (lutar contra carne e sangue). Então podemos deduzir que nem tudo quem vem do “alto” é realmente bom! Mas isso é um outro assunto…

 

estrelas-piscando

Se o Mal está nas regiões celestiais o que é realmente esse Mal?

O princípio astrológico do arcano 16, A Torre, é Marte. Marte é o dinamismo, a força, o movimento, impulsividade e ação. Nesse arcano o Elemento Fogo promove a purificação e vai muito mais longe ainda, pois “O Fogo” (Tejas) é o grande sutilizador da matéria através da combustão completa. Acender velas é uma forma de simular essa combustão. Muitas pessoas acendem velas para orar, mas não compreendem o que realmente estão fazendo ou pedindo. candelaElas produzem “Fogo” para iluminar seus desejos e anseios ou para iluminar o caminho. Porém ao acender-se uma vela ou ao produzir fogo elas ignoram que esse Elemento possui uma inclinação natural por tudo que é “elevado”, pelo espiritual. Essa inclinação está expressa em suas chamas que sempre se projetarão cada vez mais para o alto. Por isso o ato de acender velas expressa, em essência, esse anseio pelo Divino e jamais deveria representar, de forma alguma, nossos desejos pela matéria, pois a contradição é evidente.

Quando analisamos a junção desses dois grandes arcanos podemos perceber o teor transformador, através do Fogo, neles presentes.

Enquanto O Julgamento fala de um despertar, de renovações e de surpresas, A Torre revela que tudo isso se dará através da quebra das estruturas, de uma mudança de paradigmas que não pode mais ser adiada. Então percebemos que o Eremita precisará sair da caverna e se posicionar. E acreditem, esse movimento não será nada fácil! Muita gente vai surtar por se perceber limitada ou incapaz de fazer tal movimento de tão enraizadas em seus paradigmas e preconceitos.

338749

O arcano XVI em ação

Mas o Fogo traz a cura. É uma grande oportunidade de transformar tudo, de renovar, de projetar ou de “fazer diferente”. Por isso a questão do “foco” é tão essencial para se atravessar essa grande tempestade que está chegando. Se olharmos o que ocorreu em 2015 em termos de quebra de paradigmas e/ou rupturas vamos compreender que o movimento de “destruição” da ordem existente está apenas começando.

Fique atento aos seus instintos e suas intuições. Não ignore nada! O Foco será o norte magnético de sua bússola…

Anúncios