2016 – O Eremita

“Eu prefiro ser, essa metamorfose ambulante..”

 

 

 

Os ciclos evolutivos do planeta parecem se encaminhar rapidamente para um desfecho. A “Roda “gira cada vez mais freneticamente.  O ano de 2016 se aproxima com energias explosivas e o Eremita anuncia o final de um ciclo… Você realmente compreende o que está ocorrendo?

O Eremita, arcano 9, se aproxima com a energia de Saturno e a essência de Virgem nos incentivando a perseverar, a acreditar, a ter paciência e a buscar a verdade nas coisas, ou seja, vamos nos preparar para a necessidade cada vez mais consciente de equilibrar a balança a nossa volta, de buscar respostas satisfatórias que realmente nos conduzam a um entendimento ou a uma compreensão segura sobre aquilo que nos debruçamos e/ou precisamos. Entender a essência do Eremita é saber que estamos em constante transformação. Então é chegado o tempo da revisão, da separação do “joio e do trigo”e de buscar na matriz divina a orientação necessária para o movimento da Roda, que se aproxima.

São Paulo Eremita

“O justo vive da fé”

Quem não tiver fé ficará no meio do caminho. Não se iluda! Daqui para frente o caminho será para os fortes.  O Eremita pede que você acredite em você mesmo, que você seja capaz, que você se supere.

E como deve se dar essa superação? Descomplicando as coisas! Acalmando a mente para entender com maior profundidade o momento que estamos atravessando. Todavia o Eremita sempre espelha duas faces. A primeira face é a nossa que sempre se mostra com todas as nossas carências e defeitos, com nossos julgamentos e preconceitos. A segunda face é a face do “Alto”, do Macro, que espelha toda perfeição do amor, toda a face do universo.

Vitor Hugo certa vez disse:  “Existe uma coisa maior que o mar: o céu. Existe um espetáculo maior que o céu: é o interior de uma alma”.

Nossa alma é infinita, nossos limites terrenos são apenas temporários! As pessoas precisarão se esforçar muito para realmente compreender esses conceitos.  Em busca dessas respostas precisaremos saber dizer NÃO, vamos ter que aprender a renunciar até mesmo aos pensamentos mais doces, porém ilusórios… Tudo isso em busca da verdade, sempre mutável, para o momento que estamos atravessando. Aqui está a transformação, o autoconhecimento, a reforma íntima. Reforma essa que de agora em diante se mostrará cada vez mais necessária, pois do contrário será a face do vazio absoluto que você verá refletida no espelho do seu banheiro…  Isso nos lembra o nazareno dizendo e incentivando os pescadores a avançar para águas mais profundas toda vez que a pesca se mostrava insatisfatória para evitar de se perder tempo com reflexos… É a pesca que importa, bote foco nisso!

Anúncios